Pesquisar

Próxima Reunião

Quinta 19 de Outubro 2017
19h:00min

Destaques

 

 

 

 

 

 

O Diretor de Operações Metropolitanas da Copasa, Senhor Rômulo Perilli, comprometeu-se a abastecer todos os distritos e localidades (previstos no Contrato entre a concessionária e o Município de Brumadinho) com água tratada e também prestar o serviço de tratamento do esgoto até o ano de 2019.

A Câmara Municipal realizou Audiência Pública nesta quarta-feira, dia 23 de agosto, com representantes da Copasa, Poderes Executivo e Legislativo e com a população de Brumadinho. O objetivo foi esclarecer sobre o contrato da Copasa com o Município; informações sobre o tratamento do esgoto e a falta d’água em diversos bairros e localidades de nossa cidade e apresentar novo cronograma de obras pela concessionária.

Compuseram a Mesa os vereadores requerentes da Audiência, Alessandra do Brumado (PPS) e Max Barrão (PP); o representante do Poder Executivo, Nery Braga; o Diretor de Operações Metropolitanas da Copasa, Rômulo Perilli e a representante do Deputado Federal Laudívio Carvalho, Senhora Camila Dias. Estiveram também presentes os Vereadores Toninho da Rifel (PV), Professor Caio (PTB), Flávio Miranda (PTC), Professor Hideraldo Santana (PSC), Ivam Egg (PR), José Raimundo (PTC) e Vanilson Geada (PR).

Mais de 180 cidadãos moradores da sede e zona rural de Brumadinho estiveram presentes, algumas destas se manifestaram sobre a falta d’água em suas residências, o desligamento de água sem aviso prévio, o atendimento não igualitário pelos caminhões pipa e a falta de tratamento do esgoto.

Após a manifestação dos cidadãos, o Diretor de Operações Metropolitanas da Copasa, Senhor Rômulo Perilli, esclareceu pontos importantes sobre o Contrato entre o Município de Brumadinho e a concessionária e comprometeu-se com a população em diversos aspectos. Confira os principais pontos abordados e os compromissos firmados pelo Diretor da Copasa durante a Audiência Pública:

  • “O contrato e convênio firmados entre a Copasa e o Município no ano de 2008 foi muito ousado porque abarcou a sede de Brumadinho e demais áreas e ainda terceirizou para o Município, num convênio, uma ação que cabe à Copasa. Este convênio foi distratado porque esta é uma responsabilidade da Copasa e o contrato continua em vigor”.
  • “A Copasa está inadimplente, ela tem uma grande dívida social e ambiental com a população de várias cidades e, particularmente com Brumadinho por ser a cidade que fornece grande quantidade de água para a região metropolitana”.
  • “O Município de Brumadinho tem, atualmente, um gasto enorme para abastecer certas localidades com caminhão pipa e com poço artesiano que requer constante manutenção. Copasa hoje está conhecendo todos os sistemas de abastecimento de água existentes para retirar do Município este gasto”.
  • “A Copasa resolverá os problemas de toda as comunidades de Brumadinho elencadas no contrato em relação ao abastecimento de água, mas não será em poucos meses”.
  • Senhor Perilli garantiu que ainda no mês de setembro deste ano haverá muita melhora no atendimento (qualidade e quantidade) nas comunidades de Parque da Cachoeira e Parque do Lago: “já estamos adquirindo hidrômetros, tubulação, preparando para instalar bomba nos poços artesianos existentes que precisam ser equipados. Até o fim do ano todas as comunidades previstas no contrato estarão operadas pela Copasa”.

    “A Copasa assinou, no final de 2015, um Termo de Compromisso com o Ministério Público de Minas Gerais para dotar a cidade de Brumadinho de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) até janeiro de 2019. Dia 11 de setembro de 2017 a Concessionária irá reiniciar as obras de implantação das estações elevatórias. A área para implantação da ETE já está escolhida e de posse da concessionária que já irá licitar, ainda este ano, a implantação desta ETE para que, ao longo de 2018, se construa a estação e o Município de Brumadinho passe a ter seu esgoto tratado”.
  • O Diretor da Copasa se comprometeu a apresentar ao Prefeito Municipal, no próximo mês de setembro, um cronograma detalhado das futuras obras em todo o Município de Brumadinho.
  • Senhor Rômulo Perilli prometeu ainda que nas localidades de Tejuco, Alberto Flores, Parque da Cachoeira e Parque do Lago a situação de abastecimento de água melhorará a partir do próximo mês de setembro.
  • Por fim, o Diretor da concessionária disse que “a Copasa vai pagar a dívida que tem com o Município de Brumadinho e vai atender a todas as localidades que estão no contrato de concessão até o final de 2018”.


Para a Presidente da Câmara, Vereadora Alessandra do Brumado, a audiência foi de grande importância para promover a oportunidade de aproximar a população de Brumadinho e a Copasa, que pela primeira vez foi representada pelo seu Diretor, Senhor Rômulo Perilli: “os cidadãos puderam externar suas reclamações, frustrações, reivindicações e sugestões a respeito do abastecimento de água em Brumadinho diretamente ao Diretor da Região Metropolitana. O papel do Vereador é fiscalizar e também servir de ‘ponte’ entre população e estatal, foi isso que procuramos fazer nesta audiência. Continuaremos fiscalizando para que a Copasa cumpra o contrato com o Município e que o desabastecimento de água deixe de ser um problema para nossa população”.

Já o Vereador Max Barrão, que também requereu a Audiência com a Copasa, falou da importância de o Vereador ser um fiscalizador e também um bom representante dos interesses populares. Observou ainda que a falta d’água é o principal problema que aflige diversas comunidades de Brumadinho. Finalizou afirmando que acredita na fala e compromissos feitos pelo Diretor da Copasa durante a Audiência.: “sei que será difícil, que não será da noite para o dia, mas devemos dar crédito ao que foi prometido pelo Diretor da Copasa, Senhor Rômulo Perilli”.

A novidade da Audiência com a Copasa foi que a Câmara Municipal abriu canais de participação para o cidadão que não pôde comparecer: o e-mail da Ouvidoria e o WhatsApp da Câmara que recebeu questionamentos de internautas.