Pesquisar

Próxima Reunião

Quinta 19 de Outubro 2017
19h:00min

Destaques

 

 

 

 

 

 

Recursos da ordem de R$ 121.668,04 foram devolvidos ao Poder Executivo, desses 100 mil serão destinados para custear exames de alta complexidade para a população de Brumadinho, segundo informou Secretário Municipal de Saúde.
A Presidente da Câmara Municipal de Brumadinho, Vereadora Alessandra Cristina de Oliveira (Alessandra do Brumado – PPS) adiantou devolução de repasse de recursos para a Prefeitura de Brumadinho. O repasse foi motivado por solicitação do Secretário Municipal de Saúde, Júnio de Araújo Alves.

De acordo com o Secretário, esses recursos – que já foram repassados para a Saúde de Brumadinho - serão destinados exclusivamente para custeio de exames de alta complexidade, como ultrassons guiados, tomografias, biópsias, endoscopias e ressonâncias magnéticas. “Esses exames são necessários para fechar diagnósticos de vários pacientes e, assim, podermos dar continuidade ao tratamento”, comentou o Secretário.

Ainda de acordo com Júnio, o repasse do SUS que a Saúde recebe hoje é insuficiente para atender toda a demanda do Município. “As cotas do SUS não são atualizadas há cerca de 10 anos. Além disso, o SUS garante ao Município apenas 6 ressonâncias magnéticas e 6 tomografias por ano, uma quantidade insuficiente para a demanda que temos hoje. Com esse dinheiro poderemos prestar um serviço melhor ao cidadão”, comentou o Secretário Municipal de Saúde.

Existem hoje em Brumadinho centenas de pacientes na fila de espera para fazer alguns desses exames de alta complexidade. Com esses recursos poderão ser realizados, aproximadamente, 200 exames e, assim, encurtar significativamente a fila de espera.

O dinheiro repassado pela Câmara é oriundo da dedução de imposto de renda de vereadores, servidores e prestadores de serviços, retido na fonte e referentes ao período de janeiro a maio de 2017. A Câmara deveria repassar esses recursos apenas em 2018, mas devido à urgente necessidade, houve o adiantamento. O Prefeito Nenen da Asa, sensível a essa necessidade, determinou que 100 mil reais sejam destinados aos serviços de saúde do Município.

“Esperamos que este dinheiro possa garantir o atendimento a centenas de cidadãos brumadinhenses, tirando-os da angustiante fila de espera do sistema público de saúde. O paciente tem o direito de ter um diagnóstico conclusivo para dar prosseguimento ao seu tratamento de saúde. Ficamos felizes em saber que podemos, dentro de nossos limites constitucionais, ajudar a Saúde de Brumadinho a agilizar o atendimento aos nossos cidadãos”, comentou a Presidente da Câmara de Brumadinho.