Pesquisar

Próxima Reunião

Sem Eventos

Destaques

 

 

 

 

 

 

Após intervenção do Procon Câmara, a operadora se comprometeu a melhorar os serviços de telefonia em Brumadinho

No último dia 3 de outubro, a Presidência do Legislativo encaminhou ao Procon Câmara ofício solicitando que o órgão de defesa do consumidor acionasse a Vivo no sentido de “buscar informações quanto aos transtornos que vem sendo causados à população de Brumadinho pelas constantes interrupções nos serviços de telefonia e dados móveis”. A solicitação foi motivada por um longo período de interrupção dos serviços prestados pela operadora em todo o município, o que gerou muitos transtornos e prejuízos aos usuários.

Após notificação realizada pelo Procon Câmara à empresa, representantes da Vivo estiveram em Brumadinho, no dia 10 de novembro, para uma audiência a respeito dos problemas ocorridos no município no que compete à prestação dos serviços de telefonia e dados móveis pela empresa.

A audiência foi conduzida pelo Coordenador do Procon Câmara, Dr. Ronan Gomes Nogueira, e a Presidente da Câmara de Brumadinho, Vereadora Alessandra de Oliveira (PPS), participou da audiência tanto como usuária reclamante, como representante do Poder Legislativo.

De acordo com os representantes da empresa, Luciene da Silva Dutra e Wagner Silva Tavares, o corte nos serviços se deu principalmente em razão de uma queda do fornecimento de energia elétrica para a torre (ERB) localizada dento da mineradora Ferrous. Mesmo a torre tendo um sistema de baterias para suprir a energia nestes casos, o corte de energia se prolongou por um período muito grande, o que levou à interrupção dos serviços da Vivo. Aliada a isso, houve ainda problemas em outras duas torres fora do município de Brumadinho e o rompimento de fibra ótica em uma torre em Igarapé, o que potencializou a interrupção dos serviços.

A Presidente da Câmara, Vereadora Alessandra de Oliveira, ressaltou a responsabilidade da empresa no que concerne aos diversos transtornos e prejuízos causados pela interrupção dos serviços da Vivo e salientou que a mesma deve promover algum tipo de ressarcimento aos usuários do município.

De acordo com os representantes da Vivo, investimentos estão previstos para Brumadinho a partir de 2018. Novas antenas 3G e 4G devem ser instaladas na região de forma a melhorar os serviços ofertados. Com relação aos ressarcimentos para os usuários, Luciene informou que está em análise pela empresa e que, dentro de 30 dias, já deve ter alguma posição a apresentar ao Procon Câmara. Por fim, a Vivo se comprometeu a encaminhar ao Procon Câmara os atos constitutivos e a intenção de investimentos futuros da empresa para o município de Brumadinho.

De acordo com o Supervisor Jurídico do Procon Câmara, Dr. Ronan Gomes Nogueira, é fundamental que as empresas compareçam às audiências quando acionadas pelo Procon. “É muito importante a presença de representantes da empresa, como ocorreu hoje com a Vivo, não apenas para fazer os devidos esclarecimento a respeito dos problemas levantados, mas também para apresentar seus planos de melhorias desses serviços. É bom deixar claro que o processo de reclamação da Vivo não está finalizado ou arquivado, está apenas suspenso pelo prazo de 30 dias para que a empresa envie ao Procon a documentação referenciada. Continuaremos fiscalizando e cobrando a efetiva melhoria dos serviços prestados pela Vivo”, ressaltou o coordenador.

Para a Presidente da Câmara Municipal de Brumadinho, Vereadora Alessandra de Oliveira, a audiência foi produtiva. “Aproveitamos a oportunidade para chamar a atenção da empresa para a necessidade de investimentos na zona rural, onde comunidades como Marinhos, São José do Paraopeba e demais localidades do interior enfrentam grandes dificuldades no que diz respeito aos serviços de telefonia e dados móveis. Estamos fazendo nosso papel, que é defender os interesses do cidadão brumadinhense e buscar avanços nos serviços prestados em nosso município”, ressaltou a Presidente.

Investigação Preliminar N° 46/2017 - Termo de Audiência - PROCON CÂMARA - TELEFÔNICA DO BRASIL S/A (VIVO)